tipos de franja tipos de franja

6 tipos de franja que você precisa conhecer

6 minutos para ler

Você está por dentro dos principais tipos de franja e tendências no mundo da moda? Conhecer as possibilidades de corte e se atualizar constantemente é uma ótima maneira de ajudar os clientes a encontrarem o cabelo dos sonhos.

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre as franjas, e algumas se sentem inseguras para utilizá-las por acreditarem que elas podem ser usadas apenas por pessoas com um determinado tipo de cabelo ou formato de rosto.

Desse modo, como profissional do ramo da beleza, você tem uma grande missão: incentivar os clientes a entenderem que podem sim abusar desse look e ajudá-los a encontrar o corte que mais combina com o seu estilo. E, para isso, nada melhor que conhecer diferentes tipos de franja.

Quer continuar se atualizando e saber como contribuir para a melhoria da autoestima dos clientes? Então, confira estes 6 tipos de franja em que você pode apostar no seu salão!

1. Franja baby bang

O cliente tem um estilo despojado e quer um visual bem moderninho? Então, um corte de cabelo com a franja baby bang é uma ótima ideia. Esse é aquele modelo que fica bem acima das sobrancelhas e que fez muito sucesso na década de 1980.

Com uma franja retinha, é possível adotar um corte vintage e ao mesmo tempo totalmente contemporâneo. Aqui, é importante observar o tamanho da testa dos clientes, para não exagerar no corte, nem deixá-lo muito próximo às sobrancelhas.

Esse tipo de franja ajuda também os profissionais a treinarem como cortar cabelo crespo. Afinal, é um modelo que combina com a curvatura dos fios e ajuda a realçar os traços mais marcantes do rosto.

2. Franja curta retrô

Continuando no estilo retrô, é possível cortar a franja em um tamanho ainda menor. Seguindo a moda pin-up, que se popularizou bastante por volta de 1950, esse tipo de corte é bem próximo ao início da testa.

A franja curta retrô combina bastante com diferentes tipos de cabelo. Além disso, é possível inovar com esse corte, como fazer big chop e ajudar os clientes a capricharem no look com os novos cachinhos.

No entanto, ao fazer franjas bem curtas, é necessário dar orientações de como o cliente deve realizar uma boa manutenção no dia a dia. Além disso, vale ressaltar a importância de aparar as pontas em um intervalo de aproximadamente 3 meses, para manter esses cortes menores e evitar que esse visual se perca.

3. Franja rockstar

O cliente quer adotar um visual de mais atitude? Então, a franja rockstar é uma grande indicada. No geral, esse corte pode variar bastante de acordo com as preferências do cliente, por isso, lembre-se de conversar com cada pessoa e mostrar alguns exemplos antes de começar o trabalho.

Uma característica marcante da franja rockstar é que ela costuma ser mais longa e lateral. Contudo, esse mesmo corte pode apresentar variações, como um repicado ou um comprimento maior.

Sendo assim, ao apresentar a franja rockstar aos seus clientes, mostre a suas possíveis variações até encontrar o corte ideal, que esteja de acordo com as preferências e estilo deles.

4. Franja assimétrica

Engana-se quem pensa que uma franja precisa ser cortada bem retinha. Afinal, é para isso que existe o look que combina a assimetria com o corte perfeito. Esse visual é interessante para quem tem interesse em adotar um estilo mais moderno e casual.

O modelo assimétrico também combina com vários tipos de cabelo e traz um efeito ainda mais potente em mechas com luzes ou reflexos. Além disso, o corte pode ser feito em franjas laterais ou frontais.

Para dar um toque extra, você pode finalizar o corte da franja assimétrica com penteados que combinam bastante com ela. Em cabelos lisos e ondulados, por exemplo, um babyliss ajuda a ressaltar as características do novo look. Já em fios cacheados e crespos, um coque despojado pode realçar ainda mais o visual.

5. Franja curtain bangs

Alguns cabelos naturalmente não ficam com a franja reta e frontal, como aqueles que apresentam um redemoinho. No entanto, isso não impede ninguém de fazer esse corte. Para isso, existem modelos mais interessantes para valorizar o rosto dos clientes.

Esse é o caso da franja curtain bangs. Ela fica na lateral do rosto e tem um comprimento do mesmo tamanho da testa, encerrando-se abaixo das sobrancelhas. Outra curiosidade desse corte é que ele ajuda a criar uma maior impressão de volume nos cabelos.

A curtain bangs também é uma opção para quem está em transição capilar e para quem tem cabelos curtos e não quer uma franja que se destaque muito. Dessa maneira, é possível criar um corte que ajuda a dar mais movimento ao cabelo e que combina com os mais variados estilos.

6. Franja cortininha

Esse é um dos tipos de franja que fica no meio-termo entre a curtain bangs e os modelos frontais. Com a cortininha, a maior parte do cabelo fica na lateral do rosto, contudo, alguns fios se encontram no centro da testa.

A franja cortininha também ajuda a aumentar o movimento dos cabelos, assim como traz um toque de modernidade no visual. Além disso, esse modelo orna com vários estilos, desde os mais sérios até os bem descontraídos.

Algumas dicas que você pode dar para os clientes capricharem no uso da cortininha no dia a dia é a ativação dos cachos, para quem tem cabelos ondulados ou cacheados, ou o uso do babyliss para as pessoas com fios lisos. Assim, é possível garantir um maior volume e destaque para a franja.

Como visto, existem opções para todos os gostos, estilos e formatos de fios. O importante é apresentar os diferentes tipos de franja para os seus clientes e ajudá-los a encontrar aquela que está mais alinhada com as suas preferências. Além disso, é possível dar várias dicas para caprichar nos cuidados com o cabelo, orientando os clientes sobre o uso de produtos, como os sprays de fixação e as pomadas, para deixar o corte do jeitinho que eles desejam.

O que achou deste post? Se você gostou das nossas sugestões, aproveite e compartilhe as dicas nas suas redes sociais. Assim, mais pessoas podem conhecer a variedade de tipos de franja que existe!

Compartilhe !

Posts relacionados

Deixe um comentário