tipos de alongamentos de unha tipos de alongamentos de unha

Descubra os tipos de alongamentos de unha e qual combina com você

6 minutos para ler

As unhas dizem muito sobre uma mulher. No entanto, é difícil para muitas pessoas mantê-las saudáveis e bonitas o tempo todo. Isso porque a rotina de trabalho e tarefas domésticas podem atrapalhar aquele momento dedicado aos cuidados pessoais. Sendo assim, conhecer os tipos de alongamentos de unha vai ajudar na escolha da melhor opção para você ficar com as mãos belas por mais tempo.

Os alongamentos são uma ótima opção para evitar o vício de roer as unhas, pois fica mais fácil se controlar e largar esse hábito, entre outros benefícios. Sendo assim, existem várias técnicas que são muito aceitas e procuradas, pois deixam as mãos belas e cuidadas.

Pensando nisso, separamos os principais tipos de alongamentos de unha para descobrir qual combina mais com você. Confira!

Unhas de gel

O alongamento em gel é o mais procurado nos salões, pois é fácil de fazer, é hipoalergênico e não tem cheiro. Além disso, esse procedimento leva em média 2 horas e mantém a integridade das unhas naturais. A técnica dura 3 meses, mas, para isso, devem ser feitas manutenções a cada 15 dias por um profissional.

Na aplicação, a princípio, a manicure passa uma base de gel. Após isso, são aplicadas algumas camadas de silicone em gel para dar forma e modelar as unhas. Depois, a secagem deve ser feita em uma cabine com LED ou luz ultravioleta. Por fim, passa-se um top coat (cobertura finalizadora) para fazer a selagem.

Essa técnica deve ser feita com materiais de qualidade, caso ao contrário, pode provocar alergias nas unhas.

Unhas de acrílico

Esse alongamento chama muita atenção das mulheres atualmente. Ele consiste em uma mistura de acrílico em pó e líquido que formam uma massinha usada na base e na extensão da unha. Contudo, o produto seca sozinho e não é necessário o uso de cabine.

Dessa forma, a mistura pode enrijecer mais que os demais tipos de alongamento, então, torna-se difícil chegar a um resultado natural. No entanto, se feito por um bom profissional e com a técnica correta, o aspecto fica bem próximo às unhas originais.

Se esse tipo de alongamento for bem cuidado, é possível durar até 1 ano. Apesar disso, são necessárias manutenções de 20 a 30 dias, levando em conta o crescimento das unhas naturais.

Unhas de fibra de vidro

Esse tipo de extensão de unha é feito com fio de fibra de vidro. É uma técnica muito resistente e ideal para mulheres que trabalham digitando, por exemplo. Se bem cuidada, pode durar vários meses. Para isso, a manutenção deve ser feita a cada 20 ou 30 dias por um profissional. O tempo de aplicação desse alongamento é de 2 horas e 30 minutos.

As fibras de vidro são encapsuladas com gel de coloração rosê direto na unha. Os fios ajudam a moldar deixando a extensão levemente curvada. Sendo assim, o resultado é muito natural, já que as camadas não são tão grossas. As clientes podem pintar as unhas em casa, mas é preciso usar removedor em vez de acetona. Para a secagem desse material, é necessário a cabine de luz ultravioleta.

Blindagem de unhas

A blindagem, também conhecida como banho de gel ou de verniz, é uma técnica para quem sofre com unhas fracas e quebradiças. Isso porque ela ajuda no crescimento natural, evita que lasquem e aumenta a durabilidade do esmalte. Além disso, protege contra possíveis micoses e infecções, dando uma aparência mais rígida e saudável.

Essa técnica consiste na cobertura das superfícies com gel ou acrílico, porém, não alonga as unhas. O ponto positivo para a saúde, é que esse processo não envolve cola e leva cerca de 1 hora para ser feito. Contudo, é necessário que a secagem seja feita na cabine de luz. Além disso, o tempo de duração é de 15 a 20 dias.

Unhas postiças

As unhas postiças são ideais para aquelas mulheres que querem praticidade e rapidez. Servem para, principalmente, serem aplicadas quando surgir um evento de última hora e não tiver tempo de fazer uma produção mais elaborada nas mãos. Existem materiais autocolantes e coloridos, os quais não precisam aplicar esmalte.

A vantagem desse tipo de alongamento é que pode ser aplicado em poucos minutos em casa. No entanto, não deve ser usado frequentemente, porque o material cria um espaço entre ele e a unha natural que pode gerar umidade, sendo uma entrada para fungos. Por isso, os cuidados com a higiene da região precisam ser mantidos para evitar possíveis doenças e infecções.

Unhas com acrilfix

A extensão com acrilfix é uma técnica simples e inovadora, comparada aos outros tipos de alongamentos de unha. Afinal, os itens essenciais em outros procedimentos são dispensáveis para esse. Além disso, não precisa do uso de cabine para a secagem, as unhas ficam perfeitas e naturais.

Os itens para esse procedimento são bem básicos e fáceis de ter em casa. Sendo assim, o que precisará adquirir é o pó de acrílico, tips e cola para as unhas. Entre as vantagens, o acrilfix:

  • tem aplicação rápida;
  • não agride as unhas naturais, se bem aplicado;
  • ajuda na durabilidade do esmalte;
  • é mais barata;
  • pode fazer em casa.

A durabilidade desse tipo de alongamento é de 2 semanas, por conta do crescimento das unhas, sendo necessário fazer a manutenção após esse período.

Lembre-se de que os cuidados pessoais são essenciais para reafirmarmos nossa personalidade e sentirmos seguras e melhores conosco. Isso é uma demonstração de amor-próprio e um momento terapêutico. Além disso, garante um conforto e maior autoestima com a sua imagem.

Como foi possível observar, alguns tipos de alongamentos de unha devem ser feitos por especialistas para garantir a saúde e a durabilidade. Em outros casos, com a prática, é possível fazer em casa, mas ainda devem ser considerados os cuidados e a limpeza da região. Dessa forma, você terá a segurança de ter unhas saudáveis e bonitas sempre.

Agora que você já conhece os tipos de alongamentos, que tal conferir nossa matéria sobre vitaminas para unhas fortes e saudáveis? Na matéria, mostramos como intensificar a presença de cada uma delas no organismo!

Compartilhe !

Posts relacionados

Deixe um comentário