cabelo cacheado com frizz cabelo cacheado com frizz

Cabelo cacheado com frizz? Descubra como eliminá-los.

6 minutos para ler

Cabelo cacheado com frizz é muito comum e tira o sono de quem deseja ter madeixas saudáveis e bonitas. De fato, a própria estrutura desse tipo de fio aumenta a incidência de frizz e torna mais complicado lidar com o efeito arrepiado. Porém, nada que uma boa rotina de cuidados não possa resolver de maneira satisfatória.

O segredo, em uma situação como essa, é conhecer bem as necessidades de suas madeixas e se dedicar aos cuidados. Assim, fica mais simples manter bons hábitos e os tratamentos essenciais para que o cacho se mantenha hidratado na medida certa, preservando a umidade natural da fibra capilar.

Quer saber mais? Vamos mostrar como acabar com o frizz no cabelo cacheado. Acompanhe.

Entenda o que causa frizz

O cabelo cacheado tem mais tendência ao frizz do que os outros tipos de fios. O motivo é que, na maioria dos casos, o cabelo cacheado tende a ser mais fino e sensível aos dias úmidos. Como o formato apresenta menos peso molecular, consequentemente, também tem quantidades inferiores de massa e de cutícula. Tudo isso resulta em menos proteção.

Essas características fazem com que os fios fiquem mais danificados, ressecados e sem vida. As chances de absorver a umidade do ambiente é muito maior, e os fios se tornam mais arrepiados de maneira geral. Vale ressaltar que a dificuldade de manter a hidratação natural dos fios atinge mais as cacheadas, mas acontece com todos os tipos de cabelos.

Aprenda a eliminar o frizz do cabelo cacheado

Eliminar o frizz do cabelo cacheado exige dedicação e uma rotina disciplinada de cuidados. Isso inclui hábitos positivos que, muitas vezes, não têm relação direta com produtos. Entre os principais estão evitar lavar os cabelos cacheados todos os dias, já que isso resseca ainda mais os fios.

Assim, usar shampoo e condicionador três vezes na semana se mostra suficiente para manter a umidade natural dos fios. Já os tratamentos aplicados a cada lavagem fazem com que os cabelos fiquem mais saudáveis. O melhor, nesse caso, é investir em produtos com efeito disciplinante, hidratante e que reponham a massa capilar perdida por agressões diárias.

A importância do tratamento capilar

Não ter uma rotina de cuidado com os cabelos faz com que o frizz se torne mais evidente, especialmente a falta de nutrição. Ela deve ser o primeiro cuidado ao iniciar o cronograma capilar focado em alinhamento.

Em cabelos cacheados e crespos, a oleosidade demora mais tempo para percorrer toda a estrutura dos fios. Assim, ao repor a umidade dos fios com tratamentos, você os fortalece, evita o frizz e faz com que a finalização dure mais tempo.

Nascimento de fios novos

Você já ouviu falar em baby hair? São os fios curtinhos que nascem em torno da linha capilar próximo ao rosto. Quando estão na fase inicial de crescimento, costumam ser muito difíceis de alinhar e causam bastante incômodo quando se trata de frizz. O segredo, aqui, é cuidar dos fios pequeninos como o restante do cabelo.

Desembarace do jeito certo

Existe uma maneira correta de desembaraçar cada tipo de cabelo, que faz muita diferença nos resultados. Isso é necessário porque, se você pentear de qualquer jeito, acaba quebrando os fios, resultando em ainda mais frizz do que os cabelos apresentam normalmente.

Vale lembrar que, diferentemente dos cabelos lisos, as cacheadas devem pentear somente com os fios molhados ou úmidos. Caso isso não aconteça, as madeixas ficam armadas e sem definição. O pente escolhido também é importante. Priorize os mais largos e que desembaracem sem puxar os nós.

Fios quebradiços

Os fios nesse estado costumam ser resultado de excesso de químicas, ferramentas de calor (como chapinha) e falta de cuidados. O aspecto emborrachado também chama a atenção, bem como a fragilidade, que deixa o frizz em destaque, principalmente na raiz dos fios.

Use o poder dos óleos vegetais

Os óleos vegetais, como o óleo de coco, são excelentes aliados de quem busca reduzir o frizz e definir os cachos ao mesmo tempo. Avalie quais são as necessidades dos seus fios e escolha as substâncias que vão tratá-los por completo e ajudar a manter a fibra capilar hidratada por mais tempo. Assim, o temido frizz se manterá longe.

Veja, a seguir, algumas dicas de óleos vegetais para incluir em seu cronograma capilar:

  • Óleo de girassol: leve e não deixa o cabelo cacheado com aspecto pesado. Traz uma sensação de nutrição efetiva e reduz o volume;
  • Óleo de oliva: protege os fios das agressões externas, como poluição, excesso de sol, calor e químicas;
  • Óleo de rícino: possui grande poder de hidratação e limpeza da pele e do couro cabeludo e ainda impacta no crescimento.

Erros na finalização

Pode até não parecer em um primeiro momento, mas os erros de finalização contam muitos pontos na hora de deixar o frizz visível.

Em cabelos cacheados, quando entram em contato com fontes de calor, os fios molhados demais podem ficar com um aspecto rígido que ressalta o surgimento do frizz. O ideal, aqui, é esperar até as madeixas ficarem úmidas para então acelerar o processo com um secador.

Use um finalizador adequado

Um bom finalizador de cachos que ajude no controle do frizz costuma deixar os cabelos com aspecto brilhante, sedoso e hidratado. Com os cabelos úmidos, separe os fios em mechas e capriche na finalização. Esse tipo de produto é o responsável por deixar os fios rebeldes no lugar e garantir a definição dos cachos.

Para acertar em cheio na escolha, o melhor caminho é identificar o tipo de curvatura do seu fio e investir em produtos indicados para ele. Existe uma série de opções no mercado que se adaptam para quem está em processo de transição capilar, por exemplo, e podem ser incluídas dentro dos estágios do cronograma.

Pronto! Agora você já sabe como lidar com o cabelo cacheado com frizz. O mais importante é identificar os motivos que estão intensificando o surgimento de frizz para tratar corretamente. Além disso, lembre-se de que o frizz é algo natural na vida de quem tem cachos, mas, com uma rotina disciplinada, é possível diminui-lo, sem deixar de ter fios mais naturais e saudáveis.

Gostou das informações desta matéria? Então, nos siga no Facebook, e Instagram para ficar por dentro de outras novidades sobre o assunto!

Compartilhe !

Posts relacionados

Deixe um comentário